SETE MARAVILHAS GASTRONÓMICAS DE PORTUGAL

A Câmara Municipal de Manteigas, em parceria com a Confraria da Feijoca de Manteigas, submeteu ao concurso as Sete Maravilhas Gastronómicas de Portugal. O prato submetido na Categoria de carnes foi a feijoca serrana com arroz de carqueja. Nesta fase serão 70 os concorrentes e o concurso é apenas documental. O texto submetido e a foto foram:

A feijoca é uma variedade de feijão graúdo que quando cultivada em altitude adquire um sabor muito singular e muito aveludado. Teve a sua origem na América Latina e terá sido introduzida na Europa no século XVIII, onde adquiriu o merecido estatuto de jóia gastronómica, em algumas regiões de montanha onde esta leguminosa é cultivada e se revela mais saborosa. Além da região da Serra da Estrela em Portugal, onde a feijoca é branca como a neve e um mimo agrícola, também na região de Bigorre no sudoeste de França do departamento dos Hautes Pyrénées, região onde se pratica das melhores gastronomias do país que melhor cultiva a arte de cozinhar, a feijoca é considerada uma jóia da gastronomia. É conhecida e apreciada por toda a França como o Haricot Tarbais pois a cidade de Tarbes perto de Lourdes é a capital dos Hautes Pyrénées.

       Região de origem:•     Regiões de cultivação:

 Foi o elevado teor de proteínas, que faz das leguminosas como a feijoca a melhor fonte de proteína concentrada do reino vegetal, o que justificou na roda dos alimentos a sua reclassificação de hidrato de carbono a proteína. Nome que deriva do grego “proteio” e que significa de primeira importância e que talvez tenha levado as regiões de montanha a adoptar a feijoca como alimento essencial da sua dieta alimentar.

A Confraria da Feijoca de Manteigas adoptou-a como talismã das especialidades regionais de montanha cuja produção local procura incentivar. As avós da Beira Serra que souberam transmitir com sabedoria e carinho a receita tradicional da feijoca serrana, não deixam de manifestar o seu espanto perante as muitas e variadas propostas de utilização da feijoca pelos restaurantes da região, tanto em entradas, como sobretudo em doces.

A receita tradicional da Feijoca Serrana é um guisado a partir de um refogado de cebola, alho e louro a que se juntam as carnes de porco, previamente cozidas, deixando-as apurar. Acrescentam-se as feijocas depois de cozidas e não piladas que foram demolhadas de véspera. As feijocas são servidas com enchido regional de chouriça, morcela e farinheira e acompanhadas pelo arroz de carqueja que se obtém adicionando arroz, cozido na água da feijoca, a um refogado de cebola e alho que foi apurado com um ramo de carqueja.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s